Clique num separador para ver o conteúdo

SERÁ QUE É OBRIGATÓRIO TER GPS PARA FAZER A TRANSPORTUGAL?

Sim, é obrigatório ter GPS.

O percurso da prova não está marcado no terreno. A única forma de seguir o percurso correto é seguir a linha do trajeto (track) fornecido pela organização para instalar no seu aparelho de navegação GPS. 

O Regulamento da prova prevê que todos os concorrentes deverão entregar o seu GPS à Organização, após cruzarem a linha de meta. Se o atleta não tiver GPS, ser-lhe-ão impostas as penalizações previstas para esse caso: não validação da etapa e, em termos de classificação geral, uma etapa a zero, com o tempo máximo previsto para a mesma.

EU NÃO ENTENDO NADA DE ORIENTAÇÃO; COMO VOU SABER O PERCURSO CERTO APENAS COM O USO DO GPS?

Não há nada mais simples. Não necessita saber de orientação, nem tão pouco dominar o uso de GPS. Unicamente, terá de saber que, ao olhar para o ecrã, você é uma seta e o percurso é uma linha grossa.

Basta manter a seta sobre a linha e você está no percurso certo. Fizemos a experiência com uma criança de 4 anos e, num minuto, estava a seguir corretamente o percurso. Não haverá nunca a hipótese de se perder, e as indicações suplementares que vão aparecendo no ecrã permitem-lhe nunca hesitar na direção a tomar ao chegar aos cruzamentos.

A sua performance em prova é a mesma que teria se o percurso estivesse marcado no terreno, com a vantagem de que jamais falhará um cruzamento ou andará perdido, o que, em algumas vezes, sucede nas provas marcadas no terreno.

QUE MARCAS DE APARELHOS DE GPS POSSO USAR NA PROVA? (ATUALIZADO)

Existem inúmeras marcas no mercado, mas a organização recomenda os aparelhos da Garmin ou da Wahoo. Na verdade, apenas testamos o correto funcionamento dos trajetos fornecido aos participantes em dispositivos destas duas marcas e não podemos garantir que aparelhos de outras marcas funcionem com o trajeto fornecido.

Além disso, precisaremos dos aparelhos de GPS dos participantes no final de cada etapa para garantir que o percurso foi seguido sem desvios e para controlar o tempo de paragem obrigatória nos sinais de STOP. A organização só conseguirá controlar isso em dispositivos Garmin e Wahoo, de modo que apenas essas duas marcas serão permitidas na prova como dispositivo principal de navegação e registo.

QUAIS SÃO OS REQUISITOS MÍNIMOS DE UM GPS PARA FAZER A PROVA?

O GPS deve ter um ecrã bom para navegar, tem a capacidade de carregar, ler, mostrar e navegar trajectos (tracks) em formato GPX com um mínimo de 10.000 pontos de trajeto. Também deverá ser capaz de mostrar os pontos importantes (waypoints) marcados no trajeto, como sejam os sinais de STOP, CP’s, perigos, etc.  

O dispositivo terá que ter a capacidade de registar e gravar trajetos com pelo menos 10000 pontos. A interface de comunicação com o exterior deverá ser USB.

A sua bateria deverá ter autonomia suficiente para pelo menos fazer uma etapa, tendo em conta imprevistos. Deverá ser à prova de água e robusto.

Recomendamos que atualize o software do dispositivo para a versão estável mais recente e aprenda e treine o seu uso enquanto navega trajetos.

Certifique-se de que o seu aparelho tem memória livre suficiente para guardar os registos de trajetos de todas as etapas dias da prova, pois só assim será possível validá-las!

A ORGANIZAÇÃO PODERÁ CARREGAR OS TRAJETOS DA PROVA NO MEU GPS?

Não, não haverá instalações para fazer isso no recinto da prova. A organização enviará os trajetos para todos os participantes com tempo suficiente para que todos possam carregá-las nos seus próprios dispositivos antes de viajar para a prova.

TENHO QUE TER O MEU PRÓPRIO GPS?

Sim, cada participante deverá ter o seu próprio GPS.

POSSO COMPRAR UM GPS À ORGANIZAÇÃO?

Sim. A Organização poderá vender alguns modelos da marca Garmin. Se estiver interessado contacte-nos com tempo suficiente para reservarmos e expedir o aparelho.

COMO POSSO PRENDER O GPS AO GUIADOR OU AVANÇO DA MINHA BICICLETA?

A Garmin e Wahoo têm suportes de bicicleta para todos os seus modelos outdoor. Para os novos modelos, o suporte em questão é bastante bom e adequado às exigências da prova.

Mesmo assim, recomenda-se que todos os atletas ponham em prática um sistema back-up, para o caso do GPS se soltar do suporte. Na maioria dos casos, bastará uma fita presa ao guiador e ao GPS.

Recomenda-se, ainda, que, sempre que possível, se fixe o suporte ao avanço da bicicleta, preferencialmente no guiador.

TEREI QUE TER UM MAPA DE PORTUGAL PRÉ-CARREGADO NO MEU GPS? POSSO PASSAR SEM ELE OU SERÁ MELHOR TÊ-LO?

Se o seu dispositivo GPS Garmin of Wahoo for capaz de navegar um trajeto, conseguirá fazê-lo mesmo que não tenha um mapa detalhado da região. Neste caso apenas verá a linha do trajeto a seguir num ecrã com fundo branco. Embora seja possível navegar toda a prova dessa forma, não será a nossa recomendação, pois torna a escolha das estradas certas menos óbvia em cruzamentos e mudanças de direção.

 Assim recomendamos que tenha um mapa detalhado de Portugal instalado no seu GPS. A maioria dos dispositivos de ciclismo e de outdoor recentes da Garmin e Wahoo vêm pré-instalados com alguns mapas ou estes podem ser obtidos pela internet e instalados nos aparelhos. Alguns deles são gratuitos, outros serão pagos. Certifique-se das opções antes de escolher o GPS e tenha a certeza de instalar e testar os mapas antes de vir para a prova.

QUAL O MODELO DE GPS MAIS ACONSELHADO PARA A PROVA?

Como utilizadores frequentes de dispositivos de GPS há inúmeros anos, e tendo tido a oportunidade de experimentar vários modelos de GPS e usá-los no percurso da prova, ao longo de todo o ano, nas condições mais diversas e adversas, colocando todas as variáveis em avaliação, podemos concluir que os aparelhos de GPS dos  modelos Garmin Edge 1030/830 são, neste momento, os mais adequados à TransPortugal ROADS e aqueles que melhor garantem que a performance do atleta não é afetada pela utilização deste meio de orientação no terreno.

Outros modelos poderão servir, no entanto, é possível que, de alguma forma, tenham impacto negativo na eficiência da progressão do atleta. 

Na TransPortugal ROADS, o GPS é uma peça de equipamento fundamental na prova, acima de qualquer componente de bicicleta, inclusivamente da própria bicicleta, logo, descurar na qualidade e na eficiência em prova do GPS é, no mínimo, incompreensível.

Tendo em consideração o nosso conhecimento da prova, da informação e dos mapas para GPS, que desenvolvemos para a mesma, elaborámos uma lista de aparelhos de GPS, por ordem de qualidade:

QUE TIPO DE CONFIGURAÇÕES TEREI QUE FAZER NO MEU GPS PARA ESTA PROVA?

Acima de tudo deverá ter a certeza que o seu GPS está a registar o trajeto no momento em que começa cada etapa da prova e que no fim da mesma grava o seu registo de trajeto, pois só com um registo completo esta será validada.

Imprimir
FaLang translation system by Faboba